//Testes Funcionais Não Funcionais

TESTES FUNCIONAIS

Os testes funcionais também são conhecidos como teste da “caixa-preta”, pois é realizado para entender o comportamento da aplicação durante a navegação do usuário, ou seja, testando definitivamente a funcionalidade do sistema, simulando um cenário de produção e identificando possíveis problemas na interface do mesmo.

TESTES NÃO FUNCIONAIS

Testes não funcionais, diferentemente do anterior, não são relacionados à funcionalidade da aplicação em si, pois simulam os cenários de acessos, performance e estresse, testando os atributos de um componente do sistema efetuando uma verificação mais profunda e analítica do servidor.

METODOLOGIA DA REALIZAÇÃO DOS TESTES

planejamento

ARTEFATOS GERADOS

Ata de Reunião
Entregáveis do Projeto
Plano de Teste
Análise de Impacto

especificacao

ARTEFATOS GERADOS

Roteiro de Testes
Definição de Massa
Solicitação de ambiente

execucao

ARTEFATOS GERADOS

Status report (Não Funcional)
Revisão
Cenário
Relatório de Defeitos
Termo de Finalização

É importante que as atividades de testes comecem no início do ciclo de vida do desenvolvimento de software.

left

CAPITAL HUMANO

Contamos com profissionais capacitados e certificados (Scrum, Itil, CTFL e outros), para atuar em diversos projetos de qualidade de softwares.

Além de possuirem ampla experiência em diversas ferramentas, tais como: HP Quality Center, TFS (Team Fundation Service), ALM Microfocus (Suite Silk), UFT, Test complete, Selenium Webdriver, TestLink, Mantis, Ruby (Cucumber Capybara), entre outras.

right

CASES DE SUCESSO

Quer conferir os cases de clientes que tiveram os seus respectivos projetos com qualidade e sucesso garantidos? clique aqui 

logorodape